quarta-feira, 18 de junho de 2008

Amores & Amoras

“Sabes tocar essa música?” Ela perguntou. Ele disse que um dia soube, mas não ia conseguir lembrar naquele momento. Ele realmente quis saber tocar aquela música naquele momento, queria impressionar a moça que o tinha chamado atenção o dia inteiro.

Tanto desencontros como previu o poetinha, mas muitos encontros desejados e forçados para ter a bela visão de quem até hoje mexe com o pobre homem. Até sustos, mas dos sustos gostosos que geram a gargalhada revitalizantes que só quem ama conhece.

Cão e gato à paisana. Quando um perseguia o outro sem ninguém saber e vice versa. Todos querendo tudo, entretanto o destino sempre colocava obstáculos inacreditáveis que eram de se fazer rir de tanta desventura. Quando finalmente ele disse “não sai de casa!”, ele só queria tirar esse eu te amo do peito e dar para quem era seu verdadeiro dono.

Não foi tarde demais. Foi um amor que ultrapassou os limites do real e do imaginário popular. Ninguém entende, nem sabe como funciona, mas eles sabem, ah se sabem.

Ela se mudou. Ele sentiu falta, todavia este não foi o pior. Todo o seu desespera é que toda as vezes que ela retornou a belém, ele nunca se sentia bem, mas também não mal. Ele sabia o que era. Ele sabia que daquela garota moça ele queria tudo que emanava, afinal de contas, ela era ele no sexo oposto.Ele não filosofou ao dar um mundo em uma caixa, ele realmente estava disposto.

Ele sofreu amargamente nos dias de sua tristeza, nas desilusões amorosas, morreu de ciúmes ao saber de seus casos. Praia, prédios, colégios, festas, músicas e tudo o que tiveram direito. Pode até ser que não, mas ele sabe que no final tudo sempre dá certo, e está dando certo, não mudaria nada.

Hoje é dia. Ser feliz, estar feliz, amizade acima de céu e terra e todos os problemas.

2 comentários:

dillabezerra disse...

é tudo tão estranho, ñ é?
eu te amo amoro.

lorena lago disse...

É tudo tão complicado quando a gente ama,a gente fica meio confuso,mas de uma coisa a gente tem certeza:Que ama aquela pessoa mais que qualquer coisa!
As coisas podem dar erradas,mas a gente aprende mais com o sofrimento que com as alegrias e no final tudo da certo...
(boa sorte)