segunda-feira, 22 de maio de 2017

Naquela Grama

Com a visão de árvores rendadas,
Vitrais de galhos e folhas,
Não fui nem passado nem futuro,
Era ali o presente,
A paz do existir apenas no agora.

Esvaziei-me de pensamentos e de sensações, 
Fui apenas uma consciência ou até minha própria ausência.
Não obtive nem perguntas tão pouco respostas.

Fui paz e serenidade, 
Fui natureza,

Eu fui apenas o instante.

quinta-feira, 23 de março de 2017

Percussa

Processo de descoberta
Poética estética sexual
Da cor no tom na dor

terça-feira, 14 de março de 2017

Seguindo

A ansiedade dos anos que se passam de um tempo que nunca é presente nem futuro,
A cor da idade cinzenta, dos anseios que surgem,
Digo enfim:
- Segue teu coração.


quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Na Varanda

Contei desde a primeira vez,
Eu duvidei, sem nem saber falei de tudo que não sei,
E das coisas que esqueci em você.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Ano Novo

Quero viver de chinelo e amor.