sexta-feira, 4 de julho de 2008

Tempestade Da Razão

Você e eu. Isto nunca poderia dar certo.

Nossa vida tinha começo meio e fim.

Será que eu mudei por uma boa razão?

Ou será que foi mais um erro da minha vida?

Andar uma estrada tão longa para alcançar a verdade

e você estragar tudo com suas mentiras.

Mente doentia que põe minhas palaras à prova

somente para alimentar seu egoísmo.

Lembra-ti quando costumavamos apreciar o pôr do Sol,

e agora tu pintas o Sol de preto e azul?

Você é o único que me faz sentir assim.

E eu não quero me sentir assim nunca mais.

Um comentário:

Ana Carolina disse...

Nossa, quanta raiva... tah tudo bem? Te cuida rapaz...

=*