sábado, 11 de dezembro de 2010

Dois Gumes

O que aconteceu? As oito horas a cama já estava vazia.
Eu não sei o porque.
Eu achei que aquela noite tinha sido especial para nossas almas.
Mas eu percebi que você me enganou.
Porque então levar me fumo e os discos que eu comprei,
mas deixar a vitrola?

É pra ficar na solidão.
E apesar de tudo isso é que eu te amo.
Eu não podia te amar
E não saber do que realmente gosto.
Tenho tanta sede e no mundo há muitos rios.

Desculpa amor,
Eu precisei me adorar pela primeira vez,
Pensando em mim, fazendo à mim.
Perdão amor,
Deixei a cama fria, o lençol amarrotado,
E o perfume na sua roupa de trabalho.
Entenda amor,
Que eu não pensei em mim, nem em você,
Apenas existem coisas quem tem de ser fazer.

Destruir o coração, é uma delas.
Mas porque tinha que ser o meu?
Porque você foi egoísta, prepotente,
Me conquistou na arrogância.

Eu não sei, me desculpe...

Cala a boca.

Mas eu...

Cala a boca.

Eu não terminei, você sim,
Mas agora eu vou meter o dedo até sangrar.

Porque você mente sempre assim? Olhos nos olhos.

Eu te amo.

Mentira.

É mentira.

Um comentário:

Raíssa disse...

é mentira mesmo.são tantas mentiras.