quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Barcas Saudades/Anônimas

Na separação o acordo foi:
De um lado o Sol
Do outro lado a Lua
E no meio a centopéia de conluio.

Ao fim do dia,
As montanhas protegem o Sol
As luzes da cidade a Lua
Ficam as estrelas em solidão que angustia.

2 comentários:

Malu disse...

Adorei seu blog , do título
as poesias ...
Vale a pena te seguir , sendo assim ,... Sigo-te !!!
Rs ....

Bjo.

marzzia disse...

Eu sou apaixonada pelos teus textos. E esse título, cara, é genial. Super beijo, querido.


'...que angustia.'