quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

In & Out

Já os sinto agudos.
Pontudos, cansados, fatigados.


Já o amor que tinha em mim, não existe mais.
Velho, descrente, imutável.


Rostos. Sempre os mesmo rostos.
Klezmer na sala comunal.


 - Nasdrovia!


A incontrolável vontade de esvair. 
Não vislumbrar você.


Velhas coisas de antigamente.


De um gole bebo toda sua leviandade.
Um trago para uma nova vida.


E todos ainda no mesmo antigo e velho lugar.
Mas, ao soltar a fumaça e após limpar os lábios de vinho...

Um comentário:

Carolina Matos disse...

como eu te acho agora? sério... to com saudade de ti!