domingo, 4 de dezembro de 2011

Simplesmente Amor

Eu achei o amor que estava perdido em mim. O amor que não tem subclassificação, foi amor, de verão, de natal, de sonhos. Cada memória, lembrança e cheiro que você deixou, serão em mim marcas da nova pessoa que eu me tornei.

Pela primeira vez em dias pensei em mim. Havia esquecido de mim, do mundo lá fora. Havia perdido o contato com o chão. Deixei de ser individual, rompi com as barreiras do meu eu. Me uni cegamente ao amor, como só os amores que valem a pena conseguem fazer. Deixei de me ver, perdi meu nome e minha carne, e me transformei, naqueles dias, em algo maior que eu.

Quando estive com você tudo o que existia era a necessidade de mais. Dias, beijos, palavras, abraços. Quando estive com você, me senti pleno. Você apaziguou a minha vontade, cessou a dor de existir. Com você escrevi a receita mais simples de amor.

Sonho e como. Sonhos. Queijo. Pão. Mortadela. Morango. Leite. Alpino. Ovomaltine. Bis. Franguinho. Cebola. Bis. Suco. Uva. Coca. Pepsi. Guarana. Pão na chapa. Nescau. Leite fermetado. Supermercado. Padaria. Praia. Posto 9. Copacabana. Colombo. Ciúmes. Beijinhos. Nariz. PUC. Jardim Botânico. Cural. Pizza. Salagados. Lasanha. Bis. Universo. UP. Parallelo. Coberta. Cantinho. Banheiro. Sala. Cozinha. Morro. Armas. Fumo. Seda. Piercing. Desenhos. Corpo. Sabe o que eu quero? Suor. Beijos. Amor. Respeito. Doidices. Conversa. Risadas. Bom Dia. Novela. Sobremesa. Haagen Dazs. Milk Shake. Antiguidade. Bis. Copacabana. Leopoldo Miguez. 40. 307. Rio de Janeiro. Belém. Campinas. Mundo. Vício. Namoro. Um mês. Verdade. Saudade. Filmes. Sofá. Número Um. Sem Picles. Meu. Seu. Nosso.

E agora tudo o que sei é que é na Bahia de todos os santos, que eu pretendo me perder em você novamente.

Um comentário:

Thm disse...

deixa que eu te mostro o que não tem explicação, deixar eu te embalar , te levar para um novo lugar .. para de novo poder te olhar , sem rotular , sem julgar , com você eu quero estar!